Incentivo ao plantio de palmáceas

A CVN surgiu de um esforço disseminado em desenvolver uma nova alternativa de cultivo rentável para os produtores rurais capixabas – cultivo de palmáceas. Esse esforço vem incentivando essa cultura desde 1999. Para que se concretizasse, era preciso estabelecer uma destinação para a produção gerada, que desse conta de absorver o que foi incentivado, então era preciso uma empresa que beneficiasse e comercializasse os produtos oriundos desse cultivo. Por esse motivo que desde a fundação da empresa, nosso objetivo é ser alternativa viável de renda para os produtores rurais da região e do Estado do Espírito Santo que agora têm onde destinar sua produção de palmito cultivado. Nós queremos estabelecer parcerias de fornecimento com os produtores para podermos crescer gradativamente e alcançar novos mercados, sempre levantando a bandeira da qualidade e do produto capixaba!

 

Quer investir nesse cultivo? Veja abaixo algumas características e vantagens dos dois principais cultivos de palmáceas destinadas a produção de palmito em conserva: palmeira real e palmeira de pupunha.

 

 

Vantagens Palmito Pupunha

Características predominantes: tonalidade amarelada, menor ácidez, mais versátil (variedade de cortes devido o aproveitamento da base do palmito e a não oxidação) e sustentável. Espécie originária da região amazônica, e por isso exótica na região da mata atlântica bem como no estado do Espírito Santo. Na região de origem a palmeira de pupunha era encontrada principalmente com espinhos, o que dificulta seu manejo. Com o passar do tempo as sementes estão sendo selecionadas e hoje a maioria das mudas comercializadas não têm espinhos.

As principais vantagens para o plantio da pupunha, visando à produção de palmito, são:

 

a) precocidade: o primeiro corte ocorre entre 18 e 24 meses após o plantio no campo;

 

b) perfilhamento: a pupunha apresenta brotações de novas plantas, os perfilhos, junto à planta mãe, permitindo que se possa repetir os cortes nos anos seguintes, sem necessidade de replantio da área;

 

c) qualidade do palmito: o palmito de pupunha tem um comprimento ao redor de 60 cm e diâmetro de 1,5 - 4 cm e é muito macio e saboroso, não tendo problemas de aceitação pelo mercado;

d) lucratividade: adequadamente plantado, um hectare formado produz entre 5.000 e 12.000 palmitos por ano, dependendo do número de perfilhos que se deixa após o corte da planta mãe e do diâmetro do palmito que se quer produzir;

 

e) segurança para o produtor: O palmito não tem época de colheita determinada. Ou seja, o agricultor pode "deixá-lo no pé", podendo realizar sua venda quando achar necessário. Ele não é como as hortaliças e frutas em geral, que quando maduras precisam ser colhidas e rapidamente consumidas, gerando grande oscilação em seu preço de compra.

 

f) vantagens ecológicas: a pupunha deve ser produzida em cultura a pleno sol, em áreas agrícolas tradicionais, de forma que se possa produzir palmito de excelente qualidade sem nenhum dano às nossas florestas nativas. Essa é uma característica de grande apelo comercial, sobretudo para exportação do palmito como um produto ecológico e sustentável.

 

 

Vantagens Palmito Real

Características predominantes da conserva de palmito de palmeira real: textura extremamente macia, sabor brando e delicado (entre o doce e o ácido), cor branca, além de várias vitaminas e minerais. Parecido com o palmito de juçara.

 

A palmeira real é originalmente da Austrália e por esse motivo exótica no Brasil. De fácil adaptação, é tipicamente rústica e mais resistente no período de plantio. Foi introduzida no Espírito Santo por possuir características semelhantes à palmeira Juçara, nativa da mata atlântica e hoje com extração proibida. A palmeira real é uma alternativa à produção de conservas de palmito, com a vantagem de ter desenvolvimento relativamente mais rápido que a Juçara, porém, mais lento quando comparada às novas espécies de palmáceas, como o pupunha.

Corte: depende do manejo, mas em geral varia de 2 a 4 anos após o plantio.

Qualidade do palmito: por se assemelhar em gosto ao juçara. Tem boa aceitação no mercado consumidor.

Plantio: boa adaptação ao clima do Espírito Santo. Contudo, é preciso escolher a área mais adequada e o manejo correto para ter rentabilidade.

Entre seus inúmeros benefícios, destacamos:

O alto teor de fibras;

O baixo teor de açúcares e gordura;

A presença de minerais, como: Potássio, Cálcio, Fósforo e Sódio;

A presença de vitaminas essenciais ao nosso organismo.

(28) 3546 6272

(28) 99922 5912

Rod. Es 473, km 13.3  Zona Rural, Bairro São João de Viçosa, Venda Nova do Imigrante, ES

Loja da fábrica de segunda à sexta de 7h até 17h e aos sábados de 8h até 12h. Para outros horários e agendamento de visitas em grupos favor ligar para nossos telefones ou fazer contato por e-mail.

contato@conservasvendanova.com.br

Desenvolvido por: